Tudo sobre sexo anal

São muitas as dúvidas e curiosidades sobre o sexo anal. As pessoas sempre se perguntam se vai doer, se machuca a região anal, se deixa tudo “frouxo”.  Algumas pessoas até tentaram, mas alegaram que sentiram dor ou desconforto. E se isso aconteceu com você, não se preocupe, estamos aqui para ajudar você a praticar sexo anal sem medo!

Primeiramente, porque o sexo anal não deve causar dor ― mas sim, prazer para todos os envolvidos. Se for realizado da maneira correta, ele também não deve machucar nem causar danos na região anal.

A dor pode acontecer porque o ânus, diferentemente da vagina, não é lubrificado e também porque é um lugar mais estreito. É justamente esse estreitamente que entra no imaginário do homem e causa tanto prazer.

Por ser um local sensível, com boa circulação sanguínea e inervação, aquele ou aquela que recebe o pênis ou um estimulador anal também recebe uma boa dose de prazer.

Apesar de fazer parte do fetiche de muitos casais, o sexo anal ainda é rondado por desconfiança, mitos e até preconceitos. Mas estamos aqui para compartilhar informações pra aumentar o prazer do casal.

 

Se preparando para o sexo anal

sexo anal

Como você já deve saber, a prática do sexo anal exige alguns cuidados em relação à higiene, para que ambos possam sentir prazer e aproveitar ao máximo esse momento tão íntimo. O primeiro passo para que você prepare bem o terreno é cuidar da sua alimentação, principalmente antes da relação sexual.

Coma algo leve para evitar que a sua barriga fique inchada demais. Evite frituras e comidas muito gordurosas, além daquelas que te deixam com gases, como repolho, ovos e couve — isso vale para qualquer tipo de relação sexual.

Algumas horas antes do sexo, procure evacuar para evitar que as fezes, ou o resto delas, atrapalhem a situação. Para isso, é muito importante que você faça a chuca.

Aprenda a fazer a chuca
Também conhecida como enema, chuca é o nome popular para a higienização do ânus para a prática sexual. Fazer a chuca garante um sexo anal limpo, confortável e sem imprevistos.

Existem algumas formas de fazê-la, porém vamos te indicar as mais recomendadas:

1. Seringa, algodão e lenço umedecido

Na área externa do seu ânus, use um algodão molhado com água ou um lenço umedecido. Para a área interna, use uma seringa de limpeza de ouvido e lubrifique o seu bico. Dentro dela, coloque água. Introduza a seringa no seu ânus e injete a água aos poucos. Solte a água e repita o processo até que a água que saia esteja limpa.

2. Higienizador íntimo

Existem produtos próprios para a limpeza do ânus. Um desses exemplos é o In-M, ducha higiênica descartável que você pode carregar na bolsa. Desdobre o produto, preencha com água, introduza o bico no seu ânus e aperte a base dele para que a água seja introduzida. Solte a água e repita o processo até que a água que saia esteja limpa.

 

As 4 melhores posições para fazer sexo anal

posicoes-sexo-anal

Para que você possa ter uma boa experiência durante o seu sexo anal, nós te indicamos algumas posições fáceis e que vão te proporcionar prazer.

Nesse inicio, esqueça as piruetas e os malabarismos. Focaremos no seu prazer! Confira as melhores posições para fazer sexo anal:

Conchinha

Mesma posição que algumas pessoas usam para dormir, de conchinha é possível praticar o sexo anal. Você vai precisar ficar na parte de dentro da conchinha, com as pernas flexionadas e o bumbum empinado. O seu parceiro te abraça e vocês ficam em uma posição confortável, inclusive, para que possam se beijar

Bruços

De bruços também é possível encontrar uma posição confortável para o sexo anal. Sem muitos segredos, nessa posição você vai ficar por baixo e pode contar com a ajuda de um travesseiro na altura do seu quadril para levantá-lo.

Frango assado

Outra posição bem conhecida e que também facilita o sexo anal é o frango assado. Nessa posição, você também pode contar com a ajuda de um travesseiro na altura do seu quadril, para poder levantá-lo. O seu parceiro vai ficar de joelhos.

De quatro

Se você já treinou as posições acima, pode arriscar um pouco mais e tentar o sexo anal de quatro. Nesse tipo de posição, a penetração é mais profunda. Se você não tem prática em sexo anal, recomendamos que você deixe essa posição mais para frente.

Sexo anal sem dor

sexo anal sem dor

Para a maioria das mulheres, o sexo anal ainda é encarado com muita desconfiança, pois o receio de dor é muito grande. Experiências passadas ruins e o medo de doer fazem com que a tentativa do sexo anal nem seja cogitada. Já que derrubamos alguns tabus até aqui, chegou o momento de você saber como fazer o sexo anal sem dor.

Lubrifique

Diferentemente da vagina, que possui lubrificação natural, o ânus necessita de uma lubrificação artificial para facilitar a penetração. O lubrificante deve ser colocado aos poucos, com o auxílio dos dedos. Não se esqueça de conferir que o seu parceiro está com camisinha.
Faça isso até que eles deslizem e possam entrar. Dica importante: evite os lubrificantes do tipo hot para sexo anal, pois eles podem causar mais incômodo do que prazer.

Vá com calma

A pressa é inimiga da perfeição. Então, nada de afobação! Deixe isso bem claro com o seu parceiro. Vocês estarão explodindo de tesão, porém, o sexo anal, principalmente no começo, necessita de muita calma e paciência. Com o tempo, durante a relação, os músculos vão relaxando e vocês podem aumentar a intensidade.

Treine com um vibrador

Tem desejo de praticar o sexo anal, mas tem medo? Vá com calma! Treine com um vibrador pequeno ou plug anal e, aos poucos, vá relaxando a musculatura do seu ânus. Não esqueça de lubrificar o vibrador.

Estimule-se

Enquanto for penetrada no ânus, aproveite para se estimular em suas outras zonas erógenas: clitóris, seios ou a da sua preferência. Você também pode pedir para o seu parceiro te estimular.

Vá aos poucos

A experiência até aqui foi cheia de regras e etapas para que o sexo anal, de fato, pudesse acontecer. Não vai ser agora que o seu parceiro vai colocar tudo e vocês vão para o finalmente.

Converse com o seu parceiro e faça com que ele te penetre com calma e cuidado, um pouco de cada vez.

Tenha o domínio da situação

Por fim, você precisa ter o domínio da situação. Primeiramente, você não vai praticar algo que você não quer. Em segundo lugar, entre você e o seu parceiro deve existir uma enorme cumplicidade para que vocês saibam o momento certo de parar. Dores, reposição de lubrificante e mudanças na intensidade do sexo são comandos que você deve dar.

Deixe um comentário